REGIÃO NORTE:Polícia ambiental realiza operação para combater pesca na piracema

1458

No município de Barras a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, em parceria com o Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), promoveu nesta quinta-feira (01) operações para combater crimes ambientais, em especial a pesca no período da piracema. A Piracema é o movimento que os cardumes fazem contra a correnteza, nadando rio acima, para alcançar as nascentes e as cabeceiras dos rios para desova de ovos. É um período muito importante de reprodução das espécies de peixes e que deve ser respeitado. Por esse motivo, a pesca durante o período de Piracema é extremamente proibida. De acordo com a lei federal de proteção do meio ambiente é proibido, durante a Piracema, a captura, o transporte e o armazenamento de espécies nativas, inclusive espécies utilizadas para fins ornamentais e de aquariofilia. O uso de materiais perfurantes, como arpão, arbalete, fisga, bicheiro e lança também é vetado durante esse período. Quem é pego pescando durante a Piracema, poderá pagar uma multa mínima de R$ 700, ter todo seu material apreendido e responder judicialmente por crime ambiental. O órgão responsável pela inspeção do período da Piracema é a Polícia Militar Ambiental. Fique atento a esses períodos de pesca proibida para evitar problemas!

fonte:longah