Governador pede entendimento entre aliados na disputa pela presidência da Alepi

333

O governador Wellington Dias (PT) trabalha para evitar uma disputa entre os partidos da base aliada, pela presidência da Assembleia Legislativa. Segundo ele, o grupo que esteve junto na campanha de reeleição deve se manter unido e evitar disputas.

Wellington afirma que irá ouvir os partidos aliados sobre o assunto. “Quem vai conduzir o processo de eleição certamente são os parlamentares. Temos uma relação. Assim como na organização do Estado eu escuto a nossa base política, que está na Câmara, Senado e Assembleia, também os parlamentares em algum momento terão um encontro comigo para discutir esse assunto”, declarou.

O atual presidente, deputado Themístocles Filho (MDB), que é aliado do governador, é candidato à reeleição. Porém, o PT que é o partido do governador, em parceria com o Progressistas pretendem lançar um nome de oposição. A posição do PT e Progressistas tem provocado desconforto na base aliada.

“O que vou trabalhar? Trabalhar para que ocorra um acordo, entendimento no nosso time. Saímos da eleição com maioria na Assembleia. Esse time possuindo entendimento consegue trabalhar uma negociação na mesa. Eu defendo também o entendimento com os opositores”, destacou.

fonte:cidadeverde