Cansados de esperar moradores constroem ponte para atravessar em rio no Piauí

807

A ponte de 33 metros foi construída em regime de mutirão. Eles se revezavam para construir a passagem molhada e o material foi adquirido através de doações.

Cansados de esperar pelo poder público, moradores decidiram construir uma ponte na passagem molhada que liga o povoado Capitão de Campos à comunidade Pedra Rolada, na Zona Rural de Picos, região Sul do Piauí. A prefeitura da cidade não quis se manifestar sobre a situação.

A ponte de 33 metros foi construída em regime de mutirão. Eles se revezavam para construir a passagem molhada e o material foi adquirido através de doações.

Dona Luzia de Oliveira colaborou disponibilizando água e café para os trabalhadores. “Eu ficava preocupada com eles. Pensando se eles estavam com sede. Foi um trabalho sofrido”.

A ideia de construir a passagem molhada surgiu com Lindomar Rodrigues. “Foram gastos R$ 17 mil. O material usado veio de doações e os operários fizeram revezamento. Construímos em ritmo de mutirão”, contou.

Antes da ponte ser construída com concreto, os moradores faziam a travessia em cima de uma ponte de madeira ou a nado.

A agricultora Maria da Paixão Oliveira contou que antes os moradores chegaram até cair na água. A comunidade ficava isolada durante o período chuvoso porque o volume de água no rio Guaribas aumentava e para atravessar de um lado para outro, somente poderia ser a nado.

Quando Elayne Oliveira teve a filha Carolina, foi montada uma verdadeira operação para que ela pudesse chegar em casa com a filha.

“Eu fiquei oito dias na casa do meu irmão, mas eu queria muito voltar para casa e eles disseram que só seria possível se fosse sendo carregada numa cadeira porque não tinha condições de atravessar o rio. Assim fizemos, foi muito difícil, pois tinha medo deles tropeçarem em uma pedra e eu cair dentro do rio”, afirmou.

Fonte: G1 Piauí